luz e sombra no papel.

Batendo sempre na mesma tecla, a LUZ é a responsável por nos dar a terceira dimensão. Deixar tudo visível e volumétrico através do contraste de luz e sombra.

Volumétrico = 3D = 3 dimensões = largura x comprimento x profundidade (altura)

Pois bem, a luz na arte é o que dá a sensação de transformar um material bidimensional em tridimensional. Quem é estudioso do tema, sabe que a evolução histórica da pintura está estritamente ligada ao domínio da reprodução e da capacidade em dar volumetria e destaque através do contraste de claro-escuro.

Nos tempos de hoje, um ilustrador mostra a sua sensibilidade sobre o papel. Através de jogos de sombra (e lembremos que sem a luz isso não aconteceria), ele transforma o material nos fazendo esquecer das limitações bidimensionais do materiais e criando sensações volumétricas.

Eiko Ojala.

A dinamicidade dada ao papel através dos traços curvos, os diferentes planos e sombras são as características do talento deste ilustrador. De Tallin, Estônia, ele foi nominado no “Young Illustrators Award”.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Fonte:

Imagens:

2 respostas em “luz e sombra no papel.

  1. Pingback: Euroluce 2013: Previews | na velocidade da luz

  2. Pingback: Euroluce 2013: Preview | na velocidade da luz

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s