Fête des Lumières

O inverno na Europa tem as suas noites longas bem aproveitadas com eventos de iluminação e clima natalício.

Uma das festas mais famosas é a Fête des Lumières em Lyon, França. O interessante por aqui é que para tudo existe uma história que remonta séculos…

A do evento, está ligada com a religiosidade da cidade. (Engraçado como a Arquitetura e a evolução cultural e política esteve sempre ligada com a religião!). Desde a Idade Média, a cidade de Lyon tinha como padroeira a Virgem Maria, ainda mais depois de 1643, com a peste negra pairando sobre toda a Europa. A cada ano as autoridades locais rendiam homenagens à Santa, rezando para que a doença acabasse. Desde então, todo dia 08 de setembro se realiza uma procissão até a Catedral da cidade.

Dois séculos mais tarde, resolveram erigir uma estátua da Virgem Maria na Capela sobre a colina Fourvière da cidade. A idéia era inaugurá-la no dia 08 de setembro, mas naquele ano devido ao mau tempo – enchente do rio Saona, um dos dois que circunda a cidade – ela acabou sendo colocada no local no dia 08 de dezembro, o dia da Imaculada Conceição.

Foi então que a população de Lyon, em um gesto espontâneo, resolveu iluminar as janelas das suas casas, com velas e candelabros para comemorar a data. E daí nasceu a Fête des Lumières, evento anual na cidade!

Em 1989 o governo municipal resolveu investir na idéia. O que nasceu com a espontaneidade do povo acabou se transformando em uma verdadeira festa, com todos que saem de suas próprias casas para ver o espetáculo criado.

A Fête des Lumières como vemos hoje em dia, dura 4 dias, tendo o 08 de dezembro no meio das comemorações. Em 2006, o evento ganhou o prêmio Grand Public pela sua importância adquirida nos últimos anos, atraindo milhares de turistas para Lyon.

Instalações luminosas são espalhadas pela cidade, nos mais importantes edifícios e pontos turísticos. O interessante é que os turistas, mesmo com o frio intenso tradicional do início de dezembro, vão para a rua até a madrugada, circulando a pé por quase toda zona central, atravessando o rio e o vinho bruleè aquecendo os desavisados (como eu, ano passado) que não se agasalharam o suficiente.

E todo o ano se repete esta belíssima festa, dos dias 8 a 11 de dezembro, quem estiver por perto, fica a dica! Algumas fotos que tiramos da Festa de 2010:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um pouco sobre a cidade…

Lyon é a terceira maior cidade da França, com mais de dois mil anos de História, antiga capital da Gália no Império Romano e por isso e pela preservação de seu centro histórico, definida Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Banhada por dois rios, o Saona e o Rodano, a cidade tinha grande importância comercial dentro do Império Romano e no mercado das sedas. Mas a cidade, atravessando o rio Rodano, tem o centro moderno, com o enorme parque La Tête D’Or, próximo aos arranha-céus modernos, inclusive o projeto da Cidade Internacional de Renzo Piano, iniciado em 1989 e finalizado em 2006. Outra grande interveção arquitetônica na cidade foi a Opera House feita por Jean Nouvel em 1993 onde vemos uma perfeita adaptação do passado histórico à contemporaneidade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s